Quem sou eu

Minha foto
São Paulo - Zit Zona Sul, São Paulo - Capital, Brazil
Claudio Rufino, Pós Graduado em Gestão Empresarial (MBA-Gestão Empresarial), Bacharel em Ciências Contábeis, Técnico em contabilidade, professor de contabilidade, Educador Financeiro, Graduando em Ciências Juridicas. Na década de 90 formado em "Técnico em Contabilidade" precisamente no ano de 1992 pelo Colégio Cenecista Professor Henrique José de Souza(CNEC), no estado do Rio de Janeiro. Pós Geaduado em Gestão Empresarial - MBA pela Universidade Ibirapuera, Graduado em Ciências Contábeis pela FASUP - FACULDADE SUDOESTE PAULISTANO - São Paulo - SP. Atuando como Empresário Contábil na Zona Sul de São Paulo. Atuante na área contábil desde 1993, somando conhecimentos para obter resultados com excelência e qualidade. Claudio Rufino, desde 1993 prestando serviços com excelência e qualidade. www.fcscontabeis.com.br https://www.facebook.com/fcscontabeis

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Análise Balanço - II Parte


ÍNDICES DE RENTABILIDADE
Indicam a avaliação dos resultados da empresa em relação a diversos parâmetros, como, por exemplo, vendas, ativo total, patrimônio liquido.

Margem Líquida das Vendas
 = Lucro Líquido (:) Vendas
Eficiência global da empresa; quanto ganhou, em valores líquidos, por cada R$ 1,00 vendido.
 1803 = 0,09
19937
Para cada R$ 1,00 de venda, R$ 0,09 de lucro.

Lucratividade das Vendas
 = Lucro Operacional (:) Vendas
A utilização do lucro operacional para cálculo deste índice dá a este, um total relacionamento com as vendas, pois no lucro líquido são computadas as receitas e despesas não operacionais, por força da Lei 6.404/76.
Demonstra a quantidade de reais de lucro operacional, que usufrui, a empresa, em cada real de vendas. Seu valor absoluto, baixo ou alto, deve ser cotejado com o valor absoluto do índice de rotação dos estoques, já que uma baixa lucratividade de vendas pode ser perfeitamente compensada com um giro mais veloz dos estoques e um giro lento destes justifica, em geral, lucratividade elevada sobre as vendas. 

Retorno do Investimento
 = Lucro Líquido (:) Patrimônio Líquido
Indica a proporção do patrimônio líquido que a empresa auferiu em forma de lucro. 
A principal tarefa da administração financeira ainda é a de maximizar o valor do mercado para o possuidor das ações e estabelecer um fluxo de dividendos compensador. A permanência deste índice num nível constante é uma tendência aceitável. Uma tendência ascendente deste índice deve ser encarada com atenção, de vez que a instalação de empresas concorrentes é relativamente fácil.    

Retorno do Investimento Total
 = Lucro Líquido (:) Ativo Total
Indica a quantidade de unidades de reais que a empresa obteve em remuneração a seu patrimônio total.
Por outro lado, se invertermos o denominador com o numerador obteremos o número de meses ou anos (conforme o caso) levará a empresa para recuperar o investimento no ativo. Consideramos este índice como sendo de vital importância para uma segura análise de empresa, e que, quando em ascensão sua tendência é desejável. 

Aplicação em Estoques
= Estoques (:) Capital de Giro Próprio
Dos estágios do ciclo clássico do capital de giro caixa/estoques/contas a receber/caixa, os estoques constituem o elo de menor liquidez, já que os direitos a receber são mais facilmente transferíveis a terceiros. Daí a utilidade de se conhecer, através deste índice a proporção do capital de giro que se encontra investida em estoque, e a natural conveniência de se procurar manter essa proporção ao nível mais baixo possível, sem afetar, todavia, o volume da produção/venda. A constância deste índice é a tendência normal desejável. 

Aplicação em Contas a Receber
= Duplicatas a Receber (:) Capital de Giro Próprio
Demonstra a proporção do valor do capital de giro investido em contas a receber. 
Na realidade, procura-se, através dele, buscar a tendência do comportamento de contas a receber que, em parte, pode ser conhecida através do índice de rotação das contas a receber.
Um índice ascendente poderá indicar um atraso relativo de cobrança, similarmente à tendência ascendente deste índice, além de, obviamente, significar o crescimento relativos das contas a receber no capital de giro.    

Comprometimento do Capital de Giro
 = Passivo Exigível a Longo Prazo (:)  Capital de Giro Próprio 
Demonstra até que ponto o endividamento da empresa a longo prazo foi incorrido para reforçar o capital de giro, pois é esta a finalidade do passivo exigível a longo prazo. 
Um índice igual a 1 (um) significará que a empresa não possui, em giro, qualquer parcela de seu próprio capital, o qual, conseqüentemente estará totalmente investido no ativo permanente. Neste caso, o índice de imobilizações técnicas tende a ser também igual a 1 (um).
Um índice maior que 1 (um) demonstrará que a empresa incorreu em empréstimos a longo prazo para investir em seu ativo permanente ou, pior ainda, para eliminar déficits de capital de giro provocados por prejuízos sofridos em suas operações.
Quanto menor for o índice abaixo de 1 (um), maior o potencial da empresa para conseguir empréstimos a longo prazo.       

Estrutura Operacional
 = Imobilizado (:) Ativo Circulante
Expressa a quantidade de reais, investida em máquinas, móveis, etc., que é o alicerce às operações da empresa. 
Uma tendência decrescente neste índice significará, uma necessidade de expansão da empresa. Por outro lado, uma tendência ascendente deste índice significará, que as operações da empresa não é compatível com a sua estrutura, isto é, possui demasiadas imobilizações para operações relativamente pequenas. A estabilidade deste índice é uma tendência aceitável.    

Auto Financiamento do Imobilizado
= Patrimônio Líquido (:) Imobilizado Técnico
Demonstra a capacidade da empresa em financiar seu ativo fixo operacional. 
Um índice acima de 1 significará que a empresa financia totalmente seu imobilizado e ainda possui recursos disponíveis para a aplicação em bens de giro.
Um índice inferior a 1 leva a empresa a um raquítico potencial, não sendo auto suficiente em manter suas operações, a qual, estará sob forte dependência de capitais alheios.

Lucro por Ação
= Lucro Líquido (:) Número de ações emitidas
Indica o retorno do capital aplicado pelos acionistas. Mostra a proporção do capital social que a empresa auferiu em forma de lucro. A ascendência deste índice é a tendência desejável.   

Valor Patrimonial da Ação
= Patrimônio Líquido (:) Número de ações emitidas.
Apura-se o valor venal de cada ação da empresa. É o valor patrimonial de cada participação societária.    

Margem de Duplicatas Descontadas
= Duplicatas Descontadas (:) Duplicatas a Receber  
Expressa a parcela das duplicatas a receber, que a empresa negociou com instituições financeiras, para reforçar seu capital disponível. 
Uma tendência ascendente deste índice, não é desejável, de vez que tais descontos incorrem em altas taxas de despesas financeiras, e seria mais prudente, a empresa efetuar suas compras a prazo, ou se já o faz, aumentar estes prazos, até que o prazo de desembolso seja igual ao prazo de reembolso (pagamentos = recebimentos). Tornando-se assim desnecessário o desconto.     

Índice de Evolução das Contas a Receber
= Vendas (:) Duplicatas a Receber
Este índice reflete em si o crescimento das dívidas de clientes, em função das vendas. Como o crescimento das duplicatas a receber é determinado pelas vendas a prazo, e o decréscimo pelos recebimentos, espera-se uma estabilidade neste índice, o que provocará uma estabilidade nos prazos de recebimentos. 
Quanto maior for o quociente, tanto melhor, significando que a empresa está vendendo seus produtos à vista, o que evidentemente diminuirá os prazos de recebimentos.    

Índice de atraso em contas a receber
= Duplicatas em Atraso (:) Duplicatas a Receber
Indica a proporção das duplicatas a receber, que já venceram e não foram liquidadas, ou seja, o atraso dos clientes. 
Quando a tendência deste índice for ascendente, a empresa deve adotar uma política agressiva de controle cadastral dos clientes, para frear o problema. Um resultado demasiadamente alto poderá acarretar sérios problemas financeiros para a empresa, visto que contas atrasadas não têm data certa de recebimento, não podendo assim fazer planos com esse dinheiro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, comente e divulgue, seja disseminador de informações.