Quem sou eu

Minha foto
São Paulo - Zit Zona Sul, São Paulo - Capital, Brazil
Claudio Rufino, Pós Graduado em Gestão Empresarial (MBA-Gestão Empresarial), Bacharel em Ciências Contábeis, Técnico em contabilidade, professor de contabilidade, Educador Financeiro, Graduando em Ciências Juridicas. Na década de 90 formado em "Técnico em Contabilidade" precisamente no ano de 1992 pelo Colégio Cenecista Professor Henrique José de Souza(CNEC), no estado do Rio de Janeiro. Pós Geaduado em Gestão Empresarial - MBA pela Universidade Ibirapuera, Graduado em Ciências Contábeis pela FASUP - FACULDADE SUDOESTE PAULISTANO - São Paulo - SP. Atuando como Empresário Contábil na Zona Sul de São Paulo. Atuante na área contábil desde 1993, somando conhecimentos para obter resultados com excelência e qualidade. Claudio Rufino, desde 1993 prestando serviços com excelência e qualidade. www.fcscontabeis.com.br https://www.facebook.com/fcscontabeis

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Receita deve publicar regras do IRPF 2012 ainda esta semana


SÃO PAULO - A Receita Federal deve publicar, ainda esta semana, a instrução normativa com as regras para a declaração do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) 2012.
Segundo a Agência Brasil, com informações da coordenadora da área de Imposto de renda da Receita Federal, Cláudia Lúcia Pimentel, as normas devem ser praticamente iguais às da última declaração, porém com a inclusão de pequenos ajustes decorrentes da correção da tabela de deduções, de 4,5%.
Limite de isenção
Com a nova correção, o limite de isenção mensal para o Imposto de Renda passa de R$ 1.566,61, em 2011, para R$ 1.637,11 este ano. O limite para abatimento da renda tributável na declaração simplificada também aumenta, de R$ 13.317,09 para 13.916,36.
A aplicação dos 4,5% corrige também os limites de declaração obrigatória para o assalariado que teve rendimento tributável anual de R$ 22.487,25 em 2010 para R$ 23.499,17 no ano passado.
No que diz respeito às deduções, estas passam a ser de R$ 1.889,65 por dependente, R$ 2.958,22 com educação e R$ 847,07 nas contribuições de trabalho doméstico para a Previdência Social. Na última declaração estes valores eram de R$ 1.808,28; R$ 2.830,84 e de R$ 810,60, respectivamente. Estes números, no entanto, ainda precisam ser confirmados pela IN da Receita.
FONTE: Infomoney

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe, comente e divulgue, seja disseminador de informações.